Caiçara do Norte: População vive instabilidade política administrativa


Os moradores do município de Caiçara do Norte no Mato Grande deverá terminar o ano sem prefeito titular e no caos administrativo. Uma equipe de TV do Estado esteve na cidade e constatou o descaso administrativo que vão desde a precariedade no serviço de saúde ao atraso no pagamento dos salários dos servidores públicos.
Há mais de noventa dias, o município vem sendo administrado pela presidente da Câmara, Lila de Mosquito por força de liminar deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral(TSE) que suspendeu uma nova eleição que seria realizada no dia 03 deste mês. Enquanto isso a população sofre as consequências da instabilidade política administrativa e a incerteza até quando esse problema irá perdurar.
Mostrando desprepara para o cargo, a prefeita reconheceu em entrevista concedida a TV que a situação é difícil e se defendeu  alegando que gasta todo o seu salário com resolvendo problemas da prefeitura e disse que não seria candidata a reeleição. A população só resta aguarda o bom senso da Corte do TSE decidir  o futuro do município.
ASSIS SILVA

Comentários