quarta-feira, 24 de agosto de 2011

CONGO DE GUERRA DE GUANABARA - TABUÃO - CEARÁ-MIRIM/RN



Mestre Tião, Gibson MAchado e Pablo Capistrano

CONGO DE GUERRA

Fomos a comunidade de Taboão, em Ceará Mirim na companhia de Gibson Machado, pesquisador e ativista cultural do vale do Ceará Mirim, para registrar o depoimento de Mestre Tião e Zé Baracho, respectivamente mestre e embaixador do Congo de Guerra.

 O Congo vem sendo apresentado desde trezentos anos passados. É uma espécie de teatro, onde o espectador precisa imaginar o cenário evocado, os reinos africanos de outrora: Os reis orgulhosos e seus fiéis guerreiros. Todos os personagens assumem papeis dramáticos. A narrativa se dá a partir de temas religiosos e temas sociais, como o amor, a escravidão, o trabalho e costumes antigos.

Embora existam diversificações no enredo, variando de região pra região, levando a se criar sinônimos: Congo(s), Congada (s), pretinhos-do-congo, etc. Em todos é possível identificar as raízes formadoras (embaixadas e nações africanas). Mantendo o mesmo fio condutor, ou seja, as características gerais que permitem identificar o folguedo como um Congo.

Desde o Brasil colônia, elegia-se entre os negros, um rei e uma rainha, cargos honorários, aceitos pela igreja e apoiados pelos senhores escravocratas. O régio casal de negros era escoltado por seus companheiros de senzala até a igreja onde acontecia a coroação, com muita música e dança, estas, por sua vez, variavam de acordo com as etnias africanas e influências regionais. Rufas, rabecas e maracás fazem o fundo musical, juntamente com as cantigas que ora são; toadas de viagens, outras louvores a virgem do Rosário (Nossa Senhora do Rosário) ou louvações ao nascimento do Messias e em muitos momentos, cantos de chamadas de atenção aos moradores do lugar. Há também a presença de cantigas de possível inspiração totêmica e cantares lúdicos irônicos. A variedade de peças cantadas é imensa e se sucedem até o momento da representação das embaixadas, ponto alto do folguedo.
Professor Pablo entrevistando um marujo do Congo

 Ao questionarmos alguns brincantes do Congo, sobre a sua dança, obtivemos as seguintes respostas: “Estamos perdendo uma batalha, o Congo de Guerra está morrendo. É preciso que a nova geração siga o exemplo do embaixador, cantando com emoção”. Diz O mestre José Baracho, embaixador do Congo de Guerra e Poeta do Vale do Ceará Mirim. E acrescenta: “A velha Taboão há de ser lembrada.”
O mestre Tião (atual mestre do Congo de Guerra), hoje com 96 anos, nascido em Ceará Mirim, em 14 de maio, filho do antigo mestre João da Rocha. É morador, desde menino da comunidade de Taboão, município desta cidade e trabalhador, por longos anos, do engenho da família Sobral. Alerta: “Um dia eu morrendo e também o grande José Severino (outro brincante), o grupo Congo perde roteiro, Ceará Mirim perde a cultura, ficando só uma lembrança obscura, de dois velhos bem nordestinos”. Logo em seguida, o “embaixador” José Baracho, acrescenta: “Talvez se acabe os Congos guerreiros, mas, as lutas dos dois Congueiros, ficarão gravadas nesta cidade”. Sendo indagado ao atual mestre, Seu Tião, sobre o que ele achava da possibilidade de outros grupos darem continuidade à brincadeira, e estes, fazerem alterações na representação, ele respondeu: “Pode mudar as vestimentas, o lugar onde se dança, acrescentar fatos, assim como eu mesmo fiz, ao receber o Congo de Taboão do meu pai; ouvi notícias no rádio sobre movimentos revolucionários da década de 30, e acrescentei elementos a este auto, mudando inclusive o nome, passando a se chamar Congo de Guerra”.
Mudanças podem ser feitas contanto que a jornada (passos da dança) permaneça. É a dança que mantém a tradição.
Em nossa visita à Ceará Mirim, percebemos a preocupação dos mestres no que diz respeito à continuidade da sua dança. Eles têm a consciência e o entendimento das transformações que podem vir a acontecer para que a dança se mantenha viva. O que importa é que o fio condutor da narrativa não se perca.

 Depoimentos dos mestres Tião e José Baracho

Assim como existem formas de vida naturais as diversas expressões culturais humanas tem também seu tempo histórico. A grande questão é saber como manter viva a tradição sem perder o fio do tempo, que traz para as comunidades humanas, novas demandas e novas perspectivas.

Mestre Tião e Zé Baracho talvez, enquanto o tempo da vida permitir, possam nos ensinar como fazer isso.

Fonte:
http://www2.ifrn.edu.br/culturapotiguar/?page_id=453

Alguns dias após a entrevista, o Mestre José Baracho faleceu deixando Ceará-Mirim muito triste. O encantamento do Mestre foi uma baixa na luta pela preservação da congada. Resta o herói "Mestre Tião Oleiro". Esrtaremos juntos na batalha a favor dos marujos do Congo de Guerra.

IFRN JÁ É UMA REALIDADE









Prefeito Antônio Peixoto assina convênio para construção do Instituto Federal do Rio Grande do Norte-IFRN, nesta terça-feira em Brasília
O Prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto-PR, estará em Brasília nesta terça-feira 16 de agosto.
Ele vai participar no Palácio do Planalto, da solenidade de anúncio, pela presidente da República, Dilma Rousseff, da terceira etapa do programa de expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica.



Na ocasião, a presidente irá confirmar a criação das novas unidades do IFRN no Rio Grande do Norte.Em seguida, o prefeito Peixoto assinará o convênio para a construção da unidade do IFRN DE Ceará-Mirim.

De acordo com a deputada federal Fátima Bezerra-PT, além da unidade de Ceará-Mirim, serão confirmadas as unidades dos municípios de São Paulo do Potengi e Canguaretama.
Com essas três novas unidades do IFRN, O Rio Grande do Norte passará a contar com 18 Institutos Federais de Educação.



CEARÁ-MIRIM ONTEM/HOJE

A NOSSA CIDADE ONTEM E HOJE, MEMORIAS DE UM PASSADO DE GLÓRIAS HOJE RETRATADO NA BELEZA QUE AINDA RESTA DE ALGUNS CASARIOS COLONIAIS.

Antigamente: ao longe, a Igreja Matriz

Atualmente: do Ginásio de Esportes  à Matriz,
do mesmo ângulo

15

Igreja Matriz - Antiga foto


Igreja Matriz, 2010

14

Antiga Estação do Trem

No mesmo local: Atual Estação Cultural Prefeito Roberto Varela

13
Praça de Jeep - Anos 70
Mesmo local - 2010 - Foto: Waldeck

**********
12
Boinho do Sr. Agenor
Mesmo local - 2010 - Foto: Waldeck

*************
11
Ginásio Aderson Elói em construção
Ginásio de Esportes Aderson Elói de Almeida
(foto no mesmo ângulo)
*************
 10
Avenida Principal - Antigamente-(Acervo: Gibson)

Avenida Principal - 2010 (Foto.: Waldeck)

9


Praça em frente a Matriz - Anos 30 - (Foto: Júlio Senna)

Praça  em frente a Matriz - 2010 (Foto.: Waldeck)


8
Praça Barão de Ceará-Mirim
ao fundo a conhecida "Casa dos Leões"
(Acervo.: Gibson Machado)
Praça Barão de Ceará-Mirim (2010)
Foto no mesmo ângulo (Waldeck Araújo)
7
Antigo prédio da Fundação Nacional de Saúde
(Acervo.: Gibson)
Atual Centro Admnistrativo da Prefeitura de Ceará-Mirim
(Foto.: Waldeck Araújo)

6

Prédio da Intendência Municipal (Acervo.: Gibson)

Atual Câmara de Vereadores (mesmo ângulo)
Foto.: Waldeck Araújo

5


Palácio Antunes e Bar de Natanael
(Acervo: Gibson Machado)
Palácio Antunes (2010) - Sede da Prefeitura
Foto: Waldeck
----------------------------------------------------------------

4

Olheiro - Antigamente (Acervo: Gibson Machado)
Olheiro - 2010 - Mesmo local - Foto: Waldeck
-------------------------------------------------------------------------
3

Os Formigões - Década de 70
Componentes da extinta banda Os Formigões - atualmente.

2
Antiga Rua da Aurora (Acervo Gibson Machado)

 Atual Rua Heráclio Villar - (Foto: Waldeck Araújo)
-No mesmo ângulo-

****************************************************
1


Ponte metálica - Foto: Acervo de Gibson Machado
****************************************************
Ponte sobre o rio Ceará-Mirim - 2010 (mesmo ângulo) 
Foto: Waldeck Araújo de Moura

O maior espetaculo teatral já feito em Ceara Mirim

O auto de Ceará Mirim está com ensaios já iniciados desde junho, com sessenta atores e equipe técnica de quinze pessoas.Será indiscutivelmente, o maior espetáculo teatral já produzido em Ceará Mirim. Nossa festa da padroeira será enaltecida pelo talento de nossos artistas.O espetáculo é baseado no texto histórico de francisco José Ferreira da Silva. com direção de Washington pereira e produção de waldeck de Araújo moura.  















http://grandecearamirim.blogspot.com

Festival de Turismo em João Pessoa/PB




Festival de Turismo de João Pessoa/PB
Santa Catarina confirmou a participação no Festival do Turismo de João Pessoa e vai mostrar as belezas e potencialidades turísticas do estado no evento que reunirá cerca de seis mil pessoas, entre os dias 23 e 25 de setembro de 2011, na Estação Cabo Branco, em João Pessoa (PB).
A participação de Santa Catarina no Festival de Turismo de João Pessoa foi confirmada pelo presidente da Santur, Valdir Walendowsky, durante o V Encontro Ceretur, realizado no Ecoresort Vida Sol e Mar na Praia do Rosa (SC).
Com a confirmação de Santa Catarina, 75% do evento já foi comercializado, enfatizou Claudio J. S. Junior, co-realizador do evento e responsável pela área comercial do festival. O mesmo encontro também premiou a Paraíba através do reconhecimento como quarta operadora do Brasil que mais vende o destino Santa Catarina no país para a Classe A Operadora.
Com o objetivo de promover a integração e atualização do setor e oferecer novos destinos ao público da Paraíba e do Nordeste, o Festival do Turismo de João Pessoa pretende reunir cerca de seis mil pessoas nas atividades do 2º Workshop Classe A, do 1º Fórum de João Pessoa e da 1ª Feira do Turismo. Em torno de 500 agentes de viagens, convidados, palestrantes, autoridades, empresários e executivos do segmento turístico nacional e internacional estão sendo convidados para o workshop.
No evento serão divulgados e comercializados destinos e produtos turísticos. Secretarias de estados, empresas, executivos e profissionais de seis dos nove estados do Nordeste já confirmaram presença e vão mostrar seus potencias ligados ao turismo, ao lado de operadoras internacionais e marcas do Sul e do Sudeste Brasil.
http://www.dzai.com.br/diariodenatal/blog/demalasprontas

2º Seminário Nordeste de Turismo Rural


O 2° Seminário Nordeste de Turismo Rural, tem como grande objetivo estimular debates para a potencialização do segmento no país. Agrupando estudiosos, empresários, estudantes e profissionais, o seminário acontece nos dias 1º e 2 de setembro, das 8h às 12h, e das 14h às 18h.
O seminário acontecerá dentro da programação da 7ª RURALTUR, que será realizada entre os dias 01 e 03 de setembro. A Ruraltur é o único evento segmentado na região. Promove o turismo e possibilita a comercialização de roteiros de ecoturismo, turismo rural, de aventura e cultural. Serão 40 estandes onde seis estados apresentarão seus potenciais e seus equipamentos. Na feira, os expositores poderão fechar parcerias com outras empresas e com clientes.
O evento ocorrerá na Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), em Campina Grande. Realizado pela primeira vez fora de João Pessoa, feira reúne expositores de todo o Nordeste, apresentando as atrações turísticas do meio rural. Além do Seminário, também será realizado rodadas de negócios e missões comerciais entre empresas de todo o país.
O 2° Seminário Nordeste de Turismo Rural, tem como grande objetivo estimular debates para a potencialização do segmento no país. Agrupando estudiosos, empresários, estudantes e profissionais, o seminário acontece nos dias 1º e 2 de setembro, das 8h às 12h, e das 14h às 18h.

Trem é Turismo (3º módulo)


Trem é Turismo (3º módulo)

CAPACITAÇÃO Empreendedores vão participar de mais um Módulo de Oficinas do projeto Trem é Turismo
O 3º Módulo de Oficinas do projeto "Trem é Turismo", acontece no próximo dia 26 deste mês de agosto a partir das 13h no auditório "Prefeito Roberto Varela" da Estação Cultural.
O evento, é uma realização da Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico-SETMADE, em parceria com o SEBRAE/RN e a Associação Brasileira de Operadores de Trens Turísticos e Culturais-ABOTTC.
Neste 3º módulo, o projeto abordará o tema: Estratégias e Negócios, e conta com a participação de empreendedores e empreendedoras cearamirinenses.
O objetivo principal do projeto é capacitar e melhorar o nível de gestão entre todos os elementos que compõem a cadeia de um trem turístico.
Para dona Neide, empreendedora cearamirinense que participa do projeto desde o 1º módulo, essa é uma forma de aprender a fazer planilhas de orçamento, uma vez que, segundo ela, nem tudo que entra no bolso é lucro. "Temos que saber manter e administrar bem, todos os empreendimentos", avalia Neide.
De acordo com o setretário de turismo do município, Fernando Lessa, a importância dessa capacitação para os empreendedores de Ceará-Mirim, é muito grande. "Eles se sentem preparados para o atendimento, qualidade de gerenciamento e para as gestões financeira e sócio-econômica", ressalta o secretário Lessa.
"Essas oficinas abrem espaços, permitem a reafirmação dos empreendedores enquanto sujeitos econômicos e financeiros, possibilitando sua autonomia e seu fortalecimento, além de criar oportunidades de negócios", declara Mychelle Fernandes, secretária adjunta de turismo e meio ambiente de Ceará-Mirim.
AGENDA EVENTO: 3º Módulo de Oficinas do Projeto Trem é Turismo
TEMA: Estratégias de Negócios
DATA: 26 de Agosto de 2011
HORA: 13h às 19h
LOCAL: Auditório "Prefeito Roberto Varela" da Estação Cultural

(Enviado por: Jorge Moreira -  Assessor de Comunicação/PMCM)

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

ROTEIRO DOS ENGENHOS

NO FINAL DO MÊS DE JULHO FRANCISCO GUIA E A TURISMÓLOGA ELAINE LEITE, FIZERAM UMA VISITA PELO ROTEIRO DOS ENGENHOS, ELAINE ESTÁ VISANDO A CONCLUSÃO DE SUA MONOGRAFIA ONDE A MESMA IRÁ FALAR SOBRE O ROTEIRO DOS ENGENHOS E SEUS ATRATIVOS.







 

Seguidores